Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

5 Principais cidades de Mianmar para explorar

5 Principais Cidades de Mianmar para explorar - Bagan
Bagan

As principais cidades de Mianmar (anteriormente conhecida como Birmânia) sempre foi um destino de mistério e fascinação. Com reinos lendários, paisagens incríveis, pessoas diversas e belos exemplos de maravilhas arquitetônicas e arqueológicas. Hoje em dia, esta reintegrado à comunidade global após 50 anos nas mãos de uma junta militar governante. Contudo, a Terra Dourada se vê saltando para um número cada vez maior de listas de desejos dos viajantes.

Veja mais: Explorando os templos de Bagan em Myanmar
Veja mais: 5 atrações para visitar em Hong Kong

Confira abaixo 5 principais cidades de Mianmar para explorar

Yangon – Principais cidades de Mianmar

Yangon é uma das grandes cidades desconhecidas do mundo, e certamente uma das mais amigáveis! Entretanto, a cidade de Yangon, mais conhecida como a casa dos santos de Mianmar, o pagode Shwedagon de 2.500 anos. Com 100 metros de altura e coberto com 60 toneladas de ouro, a glória cintilante de Shwedagon domina o horizonte da cidade. Embora Yangon seja muito mais do que Shwedagon, há uma série de bons hotéis e restaurantes exóticos, uma cena artística crescente, lojas de antiguidades raras, mercados fascinantes e até mesmo a vida noturna está crescendo com uma nova energia. Yangon é verdadeiramente uma experiência urbana completamente diferente de qualquer outro lugar.

Bagan

A vasta paisagem de templo budista de Bagan, um legado de devoção e monumentos ao poder construídos pelos reis pagãos ao longo de vários séculos, não é apenas um lugar de maravilhas surreais, mas é sem dúvida um dos maiores sítios arqueológicos da Terra. Os 2.220 templos sobreviventes (13.000 em seu ápice) podem em sua maioria, ser explorados com bastante liberdade. Além disso, os meios de transporte em torno da zona do templo de 103 km quadrados incluem ônibus, carro, bicicleta, a pé e balão de ar quente!

Mandalay

A cidade de Mandalay é um centro comercial empoeirado, mas há muito mais do que os olhos dos turistas podem ver. O Mandalay Array, como Luminous Journeys o apelidou, é cultural e fotograficamente rico de fato. Os destaques incluem o segundo santuário mais sagrado de Mianmar, o Buda dourado Maha Muni, a pitoresca Ponte U Bein (a maior estrutura de teca da terra), o enorme e nunca concluído templo de Mingun e os 600 mosteiros e conventos das Sagradas Colinas de Sagaing

Kyaing Tong

Embora a região da Tailândia tenha visto suas áreas tribais se tornarem excessivamente turísticas, isso está longe de ser o caso em Mianmar. Ainda é possível visitar aldeias que raramente, ou nunca, veem estrangeiros, e algumas tribos são exclusivas de Mianmar.
No entanto, deve-se notar que durante a alta temporada nos dias de hoje, é mais fácil de chegar nas aldeias. Portanto, planeje bem e procure um guia que te de orientações deste lugar.

Hpa An

Hpa An é a capital do estado de Kayin no rio Thanlwin. A cerca de 7 horas de carro a sudeste de Yangon, a cidade está cercada por montanhas. Um ótimo destino para caminhadas curtas e panorâmicas. Além disso, fora da cidade há mares de arrozais verdes apoiados por formações rochosas.
O Monte Zwegabin, é a “rocha” mais proeminente e pode ser escalado em algumas horas bastante extenuantes. No entanto, as vistas te darão uma recompensa espetacular. Por fim, a maior atração de Hpa An, para muitos, são as cavernas de calcário que servem como incríveis santuários naturais para templos budistas.

Veja mais: Explorando os templos de Bagan em Myanmar
Veja mais: 5 atrações para visitar em Hong Kong

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.