Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

3 Patrimônios Mundiais da UNESCO na Islândia para conhecer

3 Patrimônios Mundiais da UNESCO na Islândia para conhecer - Ilha Surtsey
Ilha Surtsey

Desde 2019 os Patrimônios Mundiais da Unesco na Islândia passaram a ser três. Sendo o mais novo o Parque Nacional Vatnajökull, dominado por uma calota de gelo do tamanho de uma cidade. Contudo, juntamente com a ilha vulcânica de Surtsey e o Parque Nacional Thingvellir no Círculo Dourado, essas áreas protegidas cobrem 15% de todo o país.

Veja mais: 6 dos melhores hotéis da Escandinávia para experiências de luxo
Veja mais: Destinos mais famosos da Islândia para conhecer

Confira abaixo 3 Patrimônios Mundiais da UNESCO na Islândia para conhecer:

Parque Nacional Vatnajökull – Patrimônios Mundiais da UNESCO na Islândia

Ao se aproximar das bordas do Parque Nacional Vatnajökull, no sudeste da Islândia, a primeira coisa que você verá é o maior vulcão do país, Oræfajökull. Além disso, também é a montanha mais alta, com 2.119 metros. Ao longo das bordas deste pico imponente, você verá geleiras azuis íngremes descendo como rios lentos em direção às areias áridas de Skaftafell, que lembram um deserto negro. Entretanto, o irônico sobre a maioria das geleiras na Islândia é que elas não existiriam sem vulcões. A Islândia simplesmente não é fria o suficiente (acredite ou não) para criar gelo glacial ao nível do mar. E também está ventando demais para que a neve que cria as geleiras fique no topo das montanhas por qualquer período de tempo. Portanto, você precisa de uma estrutura de alta altitude para permitir que a temperatura média permaneça baixa durante todo o ano.

Ilha Surtsey

A recém-criada ilha de Surtsey completa o conjunto de 15 ilhas vulcânicas ao longo da costa sul da Islândia. Uma erupção submarina começou em 1963 e continuou a entrar em erupção intermitentemente por 4 anos, forçando a saída de tanta lava e cinzas que uma nova ilha nasceu. Desde o início, Surtsey era uma área protegida, afinal, não é sempre que os cientistas podem estudar uma nova massa de terra. Até hoje, é ilegal pisar nesta ilha, a menos que você seja um cientista encarregado de estudar a ilha. No entanto,os poucos cientistas que têm a chance de frequentar as praias de Surtsey relataram que há vegetação crescendo no solo solto, focas fizeram das praias ao redor da base seu novo local de descanso e houve até relatos de uma pequena colônia de papagaios-do-mar utilizando as falésias da ilha.

Parque Nacional Thingvellir

O Parque Nacional Thingvellir foi inaugurado em 2004 tanto por sua herança cultural quanto por sua beleza natural. É o lar do parlamento democrático mais antigo do mundo. O parlamento reuniu-se no Parque Nacional até o final do século XVIII antes de ser transferido para Reykjavik. Além disso, atuou como uma casa de lei, parlamento e importante terreno comercial para toda a Islândia.

Veja mais: 6 dos melhores hotéis da Escandinávia para experiências de luxo
Veja mais: Destinos mais famosos da Islândia para conhecer

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.