Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Descubra 5 templos japoneses incríveis

Sensoji, Tóquio - Templos japoneses

Com mais de 177 mil templos japoneses espalhados por todo o país, alguns, foram construídos há mais de 1.200 anos. Eles usam técnicas incríveis até mesmo para os padrões de construção civil modernos. Curvas, cores e formas desses templos se destacam não só pela sua singular beleza arquitetônica, mas também pelo contexto histórico e cultural.

Veja mais: 6 destinos para visitar na Turquia
Veja mais: Explorando Omã e sua capital Mascate

Descubra abaixo 5 templos japoneses incríveis:

Kiyomizudera, Kyoto – Templos japoneses

Kiyomizudera, Kyoto - Templos japoneses

Um dos mais famosos e visitados templos budistas no Japão. O milenar Kiyomizudera (Templo da Água Pura) foi erguido no ano de 798.
O templo destaca-se não só pela antiguidade, mas também por ter sido construído Sem pregos no seu pavilhão principal, todo em madeira.
O local foi reconhecido em 1994 como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. O espaço oferece uma visão verdadeiramente única da cidade de Kyoto, principalmente na primavera, quando as cerejeiras estão em evidência, e no outono, com a mudança de cor da vegetação.

kinkakuji, Kyoto

Não é preciso viajar muito para descobrir o verdadeiro significado do nome Kinkakuji. No entanto, sua tradução em português seria algo como “Templo do Pavilhão Dourado”. Além disso, foi construído em 1397 e o espaço foi pensado para exemplificar a harmonia entre o céu e a terra ao ser revestido a ouro nos dois pisos superiores do edifício.
Contudo, só o rés do chão não foi embelezado pela cobertura dourada, que em contato com o sol, impressiona com a beleza única que emana do encanto dos visitantes.

Todaiji, Nara

Lar da maior estátua de bronze do Buda do mundo. O imponente e magnífico Todaiji (Grande Templo Oriental) na cidade de Nara é um dos mais importantes complexos budistas de todo o Japão.
Além disso, foi reconhecido no mundo como Patrimônio da UNESCO, o espaço, construído por volta do ano 752, passou por uma série de restaurações ao longo dos séculos, após sofrer com terremotos e incêndios. O Grande Buda de Bronze, chamado Daibutsu em japonês, tem cerca de 16 metros de altura.

Sensoji, Tóquio

Sensoji, Tóquio - Templos japoneses

Na capital japonesa, um dos destaques é o templo Asakusa (Sensoji), considerado um dos mais antigos de Tóquio.
Aliás, suas imponentes portas de entrada, cheias de lanternas vermelhas, contrastam quase que instantaneamente com o fascinante Pagode Gojumoto, construído em 1648. Listado como um tesouro nacional, o pagode de cinco andares foi reconstruído em 1973 após ser destruído em 1945.

Rurikoji, Yamaguchi

Designado Tesouro Nacional do Japão, este fascinante e belo pagode, localizado no Templo Rurikoji no Parque Kozan, é outro edifício reconhecido como Tesouro Nacional do Japão.
Contudo, possui 31 metros de altura e sua aparência é dividida em cinco andares. Além disso, o tamanho da rua a elevou a um dos três maiores pagodes de todo o país.

Veja mais: 6 destinos para visitar na Turquia
Veja mais: Explorando Omã e sua capital Mascate

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.