Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Escalando e explorando as montanhas do Alto Atlas

Escalando e explorando as montanhas do Alto Atlas
Montanhas do Alto Atlas

Escalando e explorando as montanhas do Alto Atlas. Marrakesh fica a três horas e meia de voo de Gatwick e Imlil (base da vila para trekkers e montanhistas). Além disso, fica a 90 minutos de táxi de Marrakesh. Carregadores e mulas podem ser alugados localmente, mas, as mulas não vão além da linha da neve. Então você precisará planejar sua rota com cuidado para não se perder.

Veja mais: Guia para visitar a Patagônia Argentina
Veja mais: Por que se hospedar na Morada Dos Canyons?

Escalando e explorando as montanhas do Alto Atlas:

Dia 1: De Imlil para Azib Tamsoult – Explorando as montanhas do Alto Atlas

Contudo, inicie a escalada em direção ao refúgio de Azib Tamsoult (2250m) e se impressione com a mudança incrível de paisagem. De arenito, granito, pastagens exuberantes e encostas de pedras, todos em um único espaço que faz parte do vale. Além disso, passe o dia caminhando e aproveite para apreciar o lindo cenário marroquino. E, então chegará ao refúgio espaçoso com decoração islâmica, ladrilhos no chão e colunas que parecem mais uma mesquita do que qualquer cabana de montanha.

Dia 2: De Azib Tamsoult para o Refúgio Lepiny

No dia seguinte comece a escalar, vai ver que aos poucos deixará a vegetação para trás. Porém, quando atingir a linha da neve o local fica mais íngreme e gelado. Portanto, é importante estar todo equiparado para enfrentar o frio intenso lá de cima. Entretanto, quando chegar ao ponto mais baixo de uma cordilheira, com cerca de 3600 metros, você vai ver como a vista do outro lado da cordilheira é espetacular.

Dia 3: Refúgio Lepiny a Toubkal

Depois de uma escalada um pouco assustadora por uma área de risco de avalanche, é possível chegar ao topo de Tizi n Tadat. Onde bandeiras de oração budistas no estilo do Nepal decoram o monte de pedras.

Dia 4: Destino final Jbel Toubkal

Este é o grande dia, os primeiros 200 metros escalando o cume são íngremes e difíceis. Entretanto, após escalar cerca de 500 metros, surge a primeira vista do cume. Depois de mais uma escalada íngreme, a estrutura da pirâmide de aço que marcava o cume ficou mais aparente.
Por fim a vista mais importante com o Saara ao sul, Marrakech ao norte e belas paisagens montanhosas marroquinas ao redor.

Veja mais: Guia para visitar a Patagônia Argentina
Veja mais: Por que se hospedar na Morada Dos Canyons?

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.